sexta-feira, 18 de maio de 2012

‘Tio Gastão’ registra agradecimento a Bauru e avisa que não vai sair de cena Publicado em maio 18, 2012 por centrinhousp foto: Camila Alvarez/SerCom Centrinho-USP



 Muito obrigado, Bauru! Com a oficialização de minha aposentadoria no último dia 17 de maio, publicada pela Universidade de São Paulo no Diário Oficial do Estado, quero registrar meu “Muito Obrigado” a cada pessoa que me ajudou a escrever uma história de sucesso na cidade de Bauru (SP). Agradeço aos dedicados funcionários que me ajudaram a transformar o “Centrinho” num respeitado centro especializado no tratamento das anomalias craniofaciais com reconhecimento nacional e internacional. Às tias da Cozinha, aos meninos da Manutenção, aos amigos motoristas (que por tantas vezes carregaram nossos sonhos estrada afora), aos queridos profissionais das áreas de Saúde (Enfermagem, Medicina e suas diversas especialidades, Odontologia e também suas diversas especialidades, Fonoaudiologia, Psicologia, Fisiologia, Fisioterapia, Biologia, Biomedicina, Nutrição, Terapia Ocupacional, Serviço Social)… A todos das áreas administrativas, às sorridentes recepcionistas, às dedicadas e pacientes secretárias, enfim, a todos aqueles que abraçaram a causa que acreditamos, lá atrás, no começo dos anos 60 e que não desistiram. Agradeço aos nossos parceiros – pessoas e entidades que caminharam conosco nesta longa trajetória: FOB-USP, onde nasceu a semente do Centrinho, uma mãe generosa e sábia que nos apóia em todas as horas; Funcraf, parceira de missão há mais de 27 anos; Profis (Sociedade de Promoção Social do Fissurado Labiopalatal), Apiece (Associação de Pais para a Integração Escolar da Criança Especial), Sorri, APAE, Vila Vicentina, Paiva… Temo que a memória falhe, mas os parceiros são muitos, alguns anônimos, outros mais conhecidos, mas todos unidos pelo pensamento humanista… Faço uma menção especial a todos os reitores que já ocuparam a cadeira principal da Universidade de São Paulo e equipes da reitoria que estiveram conosco nessas mais de quatro décadas, acreditando em nossos sonhos e dando suporte para que se tornassem realidade. Agradeço a toda a população bauruense – tão generosa e receptiva, aos competentes colegas dos órgãos de Imprensa, que nunca deixaram de nos atender, ajudando disseminar informações fundamentais sobre o trabalho deste Hospital público… Agradeço aos representantes de esferas políticas e de movimentos sociais, que sempre respeitaram nosso trabalho à frente do Centrinho-USP, compreendendo nossas prioridades e partilhando de nossas conquistas. Agradeço às mães e pacientes que depositaram em nós suas esperanças, por mais frágeis que fossem, e acreditaram cegamente no trabalho de nossa equipe! Nosso querido Hospital Centrinho completará 45 anos de fundação em 24 de junho próximo. Eu completarei 70 anos também no mês de junho. E neste mês de maio completei 47 anos de Universidade de São Paulo, onde ingressei como docente em 1965. Toda essa história é motivo de orgulho pessoal e profissional para mim. E tenho plena consciência de que não fiz nada sozinho. Aliás, nenhum homem é grande e forte suficiente a ponto de abrir mão de ajudas, de sorrisos, de braços amigos. E por aqui, em Bauru, fiz inúmeros amigos. Pessoas que serão levadas em meu coração para onde quer que eu vá. E tantas que me trouxeram ensinamentos fundamentais… O maior deles: a humildade e a necessidade de servir sempre. É por isso que, hoje, eu anuncio minha aposentadoria oficial, mas não tenho nenhuma intenção de sair de cena. Se os órgãos competentes da Universidade de São Paulo assim me permitirem, desejo seguir adiante como professor sênior. Dessa forma, poderei continuar meu legado, a serviço da Universidade de São Paulo, da FOB-USP e do Centrinho-USP e de toda a população que dele depende. Afinal, uma fase de minha carreira foi encerrada, mas meus sonhos continuam vivos e pulsantes. Ainda quero ver em funcionamento na nossa querida Bauru o Parque Tecnológico. Ainda quero ver a Faculdade de Medicina e o movimento vibrante de médicos residentes sedentos pelo exercício da profissão… Quero ver, enfim, portas abertas à população para acesso a serviços de qualidade; quero ver programas de ensino formando cada vez mais gente competente e com visão; quero ver Bauru crescendo e florescendo. Novamente, enfim, minha eterna gratidão! (José Alberto de Souza Freitas, Tio Gastão, é um dos sete fundadores do Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais da Universidade de São Paulo – HRAC-USP, mais conhecido por Centrinho, diretor e superintendente do Hospital ao longo de uma história de 45 anos, grande responsável pelos milhares de sorrisos estampados no rosto de pacientes de todo o Brasil).
Tio Gastão é uma pessoa que prestou serviços relevantes ao povo de Bauru e outras cidades do Brasíl, uma referência em Bauru. Tio Gastão Bauru e o povo brasileiro tem uma grande gratidão com o senhor, Deus o abençoe nessa nova caminhada de sua vida.