sexta-feira, 30 de agosto de 2013

As Tempestades sempre virão.

"Logo em seguida, Jesus insistiu com os discípulos para que entrassem no barco e fossem adiante dele para o outro lado, enquanto ele despedia a multidão." (Mateus 14:22)

 Embora Jesus já soubesse da tempestade que se aproximava, Ele disse aos Seus discípulos: -"Vão para o outro lado" (Mateus 14:22). Jesus mandou-lhes para o outro lado do Mar da Galileia porque sabia que havia uma lição a ser aprendida. Ele sabia que eles chegariam em segurança à outra margem. Por isso, permitiu que fizessem a travessia no meio de uma tempestade. Podemos dizer que atravessar aquela tempestade fazia parte da "lista de tarefas" dos discípulos naquele dia.

 A vida é assim. Nem sempre sabemos quando virá uma tempestade. Não sabemos o momento em que uma tragédia acontecerá. Não sabemos quando seremos atingidos por uma crise, nem tampouco quando um momento de grande sofrimento aparecerá em nossas vidas. Mas Deus sabe. E Ele sabe também quando estaremos prontos para enfrentar essas coisas.

 Então, eis a questão:

 - Quando iremos enfrentar tempestades em nossas vidas?
 É sabido que, em algum momento de nossas vidas, enfrentaremos tais tempestades. Colocando isso num contexto bíblico: a tempestade virá para todos, cristãos e não cristãos. Tempos difíceis ocorrem para todos, mas para aqueles que andam com Deus existe esta promessa: "Sabemos que Deus age em todas as coisas para o bem daqueles que o amam, dos que foram chamados de acordo com o seu propósito." (Romanos 8:28). Seja lá pelo que for que estejamos passando, em Sua maravilhosa provisão, Deus irá usar essa situação para o nosso próprio bem.

 Pessoas corajosas se parecem com aqueles saquinhos de chá. Não conhecemos sua força até que estejam em água fervente. É preciso coragem para passar por desafios. É preciso coragem para dizer: "Assumi o compromisso de seguir Jesus. Não irei desistir. Irei atravessar e chegar no outro lado."

segunda-feira, 26 de agosto de 2013

O SENHOR DOS EXÉRCITOS:



Senhor - diz respeito ao Deus Criador, o Todo-Poderoso;

 Dos Exércitos - arremete a um número incontável de soldados que, por conta de sua lealdade incondicional, abraçam a causa do Comandante Eterno - o Senhor dos Exércitos. Como se identifica um exército? 

A caracterização de um exército segue normas rígidas de obediência incondicional, disciplina, ordem, respeito, hierarquia e submissão.

 Num exército, todos têm de submeter-se às suas regras, do maior ao menor, sem exceção. Se no exército de um país exige-se rigorosa disciplina, imagine no exército do Senhor dos Exércitos! Todos têm de ter o mesmo Espírito, o mesmo Caráter da Justiça e da fé. Que, conduzidos pelo Senhor dos Exércitos, avançam contra os exércitos da injustiça - o inferno.

 Não há como ficar de fora dessa guerra; Não há como se excluir dela. Todos, sem exceção, estão de um lado ou de outro.

 Quem não faz parte do exército do Senhor dos Exércitos, o faz do exército inimigo. Ou é com o Senhor Deus dos Exércitos ou é contra Ele. Ou é filho de Israel ou é filho de Jacó. Por outro lado, o Senhor dos Exércitos está tocando a trombeta e convocando os escolhidos para lutarem contra a injustiça.

Quem quer fazer parte do exército do Senhor dos Exércitos? Portanto, é necessário abandonar as fileiras da injustiça, fechar os ouvidos à voz do pecado, ouvir e obedecer, exclusivamente, à voz do Senhor dos Exércitos. 
Quem integra o exército do Senhor dos Exércitos neste mundo? É mais fácil descobrir quem não faz parte dele.

 O exército do Senhor dos Exércitos neste mundo não conta com covardes, incrédulos, abomináveis, assassinos, impuros, feiticeiros, idólatras e mentirosos.

 Porque estes são comandados pelo senhor da injustiça: Satanás.

 A parte que lhes cabe será no lago que arde com fogo e enxofre, a saber, a segunda morte. 

Apocalipse. 21.8 De que lado você está?

domingo, 25 de agosto de 2013

Acreditar nos Escribas ou no Espírito


Em matéria de teologia, os pensamentos são formados a partir de escolas, linhas de reflexão e convenções que vêm de encontro com as expectativas de quem corre em busca de conhecimentos específicos.

 Todos têm seus escritores, pensadores, pregadores, apóstolos, profetas e mestres favoritos. Normal!

Contudo, para uma leitura mais aprofundada da Bíblia, precisamos estar dispostos a ir além. Veja bem, a Bíblia não deve ser estudada simplesmente como livro histórico e também não pode ser limitada às tradições que contém. Ora, a Bíblia é um livro interdimensional, uma coleção de registros de gente que andou com Deus, ouviu sua voz, interpretou suas palavras e a interface que fez ligação entre esses escritores e Deus foi o espírito.

 Se quem escreveu o fez em espírito, então, os leitores devem igualmente fazer uso dessa mesma via para interpretar o que foi escrito. Sobre isto, Paulo disse aos coríntios que “falamos, não com palavras que a sabedoria humana ensina, mas com as que o Espírito Santo ensina, comparando as coisas espirituais com as espirituais”. Conclui-se que, se Paulo falou com as palavras que o espírito ensinou, então, devemos ouvir como o espírito ensina.

 Torno a repetir, não há nada de mal em adotar linhas de pensamento, regras hermenêuticas e fórmulas de estudar racionalmente a Palavra de Deus, mas o fundamental é que cada cristão tenha a capacidade pessoal de interpretar as Escrituras pela lente do espírito.

 Entretanto, é comum observar vícios interpretativos sendo reverberados, atravessando congregações, nações e adentrando novas congregações. Tozer chamava isso de “evangelho de escriba”, que é justamente quando deixamos de lado a interpretação pessoal, fruto de reflexões proporcionadas nas meditações silenciosas no espírito, substituindo por autores de livros e pregadores.

 Particularmente, não leio nada que seja “novo”. Gosto de livros velhos, daqueles que ultrapassaram todas as provas do tempo e, deixando de ser meros best sellers comerciais, se tornaram clássicos obrigatórios na cabeceira de qualquer leitor de teologia.

 Isto é a prova do tempo dando sua chancela, afirmando o que realmente supera modismos, fatores culturais marcantes e, sobretudo, pontos de vista formados a partir de ‘achismos’. Falo isto baseado nas palavras de Pedro, quando escreveu que “nenhuma profecia da Escritura é de particular interpretação”.

 Por estas razões, prefiro esperar por encontros ‘sobrenaturais’ com os livros, os profetas e os apóstolos. Espero que essas ocasiões sejam tramadas por Deus, segundo a orientação que o espírito dá. Não vou atrás do que está sendo falado, não busco congressos de avivamento, nem igrejas que estão se destacando num novo modelo de discipulado. Não andarei de mar a mar, do sul ao leste, buscando matar minha fome pela palavra do Senhor, como disse Amós.

 Eu procuro esperar por Ela, a Palavra, deixando-a me conduzir por caminhos de novos conhecimentos, novas revelações e novas perspectivas que traduzam a velha escritura para o meu tempo aqui na terra.

 Por fim, prefiro a meditação aos livros; prefiro o espírito à razão. Nem por isto, abro mão dos livros e da razão. Mas também não leio as presunções do Cury, as ilusões da Cabana e as interpretações neo pentecostais.

Por Rafael Reparador Pastor, músico, compositor, poeta, jornalista, produtor musical, blogueiro, twitteiro, facebookeiro, observador da igreja dos últimos dias à serviço de Cristo.

sábado, 24 de agosto de 2013

SAIBA MAIS SOBRE O SERTÃO NORDESTINO.



Sertão nordestino pode se desenvolver Márcio Masatoshi Kondo*

 Especial para a Folha de S.Paulo Tido como a "região problema" do país, o Nordeste possui 1.560.000 km² de área, sendo menor que o Norte mas com 47 milhões de habitantes, superado apenas pelo Sudeste.

 Em virtude de um quadro natural heterogêneo (planalto da Borborema, planaltos e chapadas da bacia do Parnaíba, planícies e tabuleiros litorâneos, depressão sertaneja e do São Francisco, além de clima semi-árido com caatinga e tropical com cerrado, matas atlântica e dos cocais, restingas e mangues), a região é subdividida:

 Zona da Mata: do Rio Grande Norte à Bahia possui clima úmido, solo fértil e vegetação exuberante substituída por lavouras.

 É turística, urbano-industrial e produtora de petróleo; Agreste: faixa de transição entre a Zona da Mata e o sertão, com intensa atividade agropastoril, minifúndios e muito povoada; Sertão: clima semi-árido e caatinga, solos rasos e assolado pela seca, mas possui boas condições para a agricultura no vale do São Francisco; Meio-norte: faixa de transição entre o sertão e a Amazônia, destaca-se pela rizicultura irrigada e pelos babaçuais.

 Das sub-regiões, a Zona da Mata é a mais visitada e o sertão é a mais falada. Afinal, apesar da cultura, do turismo, do petróleo, do açúcar, a imagem mais recorrente do Nordeste é a da seca.

 O interior nordestino, em que pese o "boom" econômico (com projetos de irrigação no vale do São Francisco e a instalação de indústrias), ainda é uma área pobre por conta, dizem, da seca. O sertanejo, ainda um forte, sempre conviveu com esse flagelo.

 Não é de hoje que as vítimas das secas morrem de fome, de doenças e migram para outras regiões. A seca é como um filme de terror constantemente reprisado: a região não tem peso político e econômico, fica longe dos centros de poder e é dominada por elites que ainda acreditam no pacto colonial e que, para garantir terras e votos (não somos uma democracia?), controlam privadamente a água pública e desviam recursos.

 O sertanejo é vítima dos projetos inúteis, mirabolantes e caros, da corrupção, do descaso e do assistencialismo. É refém da seca, é massa de manobra, mão-de-obra barata para os ricos Estados do centro-sul, que podem reviver a escravidão e ampliar sua riqueza.

 Como dá lucro e poder, a seca deve ser mantida. Com vontade e investimentos sérios em produção e educação (se bem que povo educado é povo perigoso), o sertão pode se desenvolver. Israel e Califórnia provam que a seca não é um obstáculo intransponível. Nunca foi a seca. Sempre foi a cerca.

*Márcio Masatoshi Kondo é professor da Cia. de Ética, do Objetivo, Icec-Universitário, do Colégio Móbile e do CLQ-Objetivo

sexta-feira, 23 de agosto de 2013

quinta-feira, 22 de agosto de 2013

ALEMANHA CRIA TERCEIRO SEXO.



A Alemanha cria o novo Sexo, onde vamos chegar, é só Jesus.

 A Alemanha aprovou uma lei que cria o terceiro sexo para registro de recém nascidos. A partir de 1º de novembro os pais poderão registrar seus filhos como sexo masculino, feminino ou “indefinido”. A lei foi aprovada em maio e só divulgada nesta semana pelo governo, tornando a Alemanha o primeiro país a oficializar o terceiro gênero.

 Há quem diga que essa opção é para pais de bebês hermafroditas, que nascem com ambos os sexos e na vida adulta terão que decidir se serão homens ou mulheres, podendo também permanecer como sexo indefinido pelo resto da vida. Mas na verdade a decisão dada pelo tribunal constitucional alemão entende que há pessoas que se sentem profundamente identificadas com um determinado gênero e têm o direito de escolher seu sexo legalmente. Ou seja, pessoas que foram registradas como masculino ou feminino e hoje se sentem envergonhadas por terem adotado uma identidade diferente do registro.

 Apesar de ser uma mudança significativa nas leis do país, outras leis precisarão ser alteradas para oferecer os mesmos direitos de quem foi registrado como masculino e feminino, como incluir o sexo como “X” no passaporte e até mesmo as leis do matrimônio já que na Alemanha o casamento é permitido apenas entre homens e mulheres, não contemplando o novo gênero.

Com informações G1.

segunda-feira, 19 de agosto de 2013

Distribuição de cestas básicas no sertão pernambucano.


Buíque, cidade distante 290 km de Recife, fim do agreste pernambucano, cidade pequena mas com um grande potencial turístico com suas montanhas paisagens lindíssima e que tem uma reserva ambiental maravilhosa.

 Como todas as cidades do interior nordestino, Buíque também tem seus sítios onde vive milhares de famílias em situação precária, situação de calamidade, em muitos casos miséria total.

 Nesta domingo 18/08, estives nessa região, com um grupo de amigos visitando essas famílias orando conversando e distribuindo cestas básicas, para amenizar um pouquinho o sofrimento desse povo tão hospitaleiro e generoso.

 Apesar desse esforço, só conseguimos atender 45 famílias, mas valeu muito a oportunidade de poder falar do amor de Deus e levar um pequeno alento aquelas famílias tão carentes. Foi um dia muito cansativo, iniciamos nosso dia as 4h30 da manhã e chegamos em casa por volta das 20hs.

 Mas agradeço a Deus pela oportunidade, Rita, e Jonas ficaram felizes em poder participar e orar pelo pelas famílias. Um pequeno grupo de 8 pessoas pode abençoar e ser abençoado naquele lugar e fazer a diferença.

Domingo também é dia de ajudar pessoas convidamos você a se engajar nesse trabalho nos ajudando na distribuição de cestas ou arrecadando cestas para podermos levar, ou mesmo nos apoiando orando e contribuindo financeiramente para que não fiquemos parado sem termos nada a oferecer as famílias do sertão.

 Agradecemos a Deus pela oportunidade e oramos para que essas famílias tenham uma vida mais digna.






sábado, 17 de agosto de 2013

IMPACTO JUAZEIRO DO NORTE.

                                      VOCÊ NÃO PODE PERDER, SERÁ MUITO BOM.


Campanha evangelismo no Sertão.

Estamos lançando uma Campanha ajude a evangelizar o Sertão.



 Essa campanha tem como finalidade, despertar os cristãos desse Brasil a investir seus recursos na propagação do evangelho no sertão nordestino, Nossa África Brasileira.

 Existe além da carência espiritual, uma necessidade muito grande em diversas áreas, e é necessário que missionários e voluntários, possam se locomover até esses lugares distantes das capitais para levar um pouco do amor de Cristo, sua palavra confortadora e cheia de esperança, como também de alimentos e outras necessidades.

 Nossa Campanha é voltada para arrecadar fundos para podermos nos sustentar nesse trabalho e também ajudar com cestas básicas e outras necessidades dos sertanejos.

 Por isso pedimos que você faça parte desse projeto, nos ajudando: Financeiramente. Orando. Contribuindo com cestas e roupas ou vindo participar conosco.

 Venha esperamos por você. 

OFERTAS: Banco do Brasil. AG/ 0328-X Conta Corrente/ 10.446-9

 Bradesco: AG/ 0008-6 Conta Corrente/ 0040773-9


Evangelização do Sertão.

ZONA RURAL O CLAMOR DOS ESQUECIDOS: QUEM ME VALERÁ? O DESAFIO DA EVANGELIZAÇÃO DO SERTÃO. ZONA RURAL DO NORDESTE: UM CAMPO MISSIONÁRIO QUE CLAMA!



 Na Região do Nordeste do Brasil, o Sertão representa um grande desafio de evangelismo e plantação de igrejas.

 Conhecido pelos evangélicos como a Janela 10 / 40 do Brasil, principalmente a zona rural do Sertão Nordestino.

A Região continua sendo uma das menos evangelizadas do país. Embora nos últimos anos o número de evangélicos tenha crescido muito no Brasil, este não tem sido o caso do Sertão. Portanto, é hora da igreja focar seus esforços em favor da evangelização e plantação de igrejas em áreas mais carentes do nordeste, que são os sertões e principalmente a zona rural sertaneja.

 I - ZONA RURAL DO NORDESTE: UM CAMPO MISSIONÁRIO QUE CLAMA! O Clamor dos Esquecidos é um desafiante projeto de evangelização da zona rural do Sertão Nordestino porque a evangelização da zona rural do sertão é um grande desafio para a igreja evangélica do Brasil. O Projeto Missionário Alcançando o Sertão tem sido um instrumento de Deus para fazer o evangelho transformador do Senhor chegar ao povo nordestino que vive nas comunidades, povoados, sítios e lugares de difícil acesso no Sertão.

 O CLAMOR DOS ESQUECIDOS: QUEM ME VALERÁ? A igreja evangélica brasileira precisa atender a este clamor.

 II - POR QUE EVANGELIZAR A ZONA RURAL? A zona rural do Sertão Nordestino possui mais de 15 milhões de habitantes e tem menos de 0,1% de crentes, com mais de 10 mil comunidades rurais sem a presença de uma igreja evangélica. A zona rural nordestina é a Região do Brasil que apresenta os piores índices sociais, tais como: analfabetismo, desnutrição, evasão escolar, renda familiar muito baixa, falta de assistência médica e odontológica, etc.

 III - O DESAFIO DE ALCANÇAR A ZONA RURAL. Cremos que só o Evangelho pode transformar de forma radical, rigorosa e profunda a vida do homem sertanejo. A zona rural continua esperando pelas boas novas de amor, de paz e de redenção espiritual. O desafio de alcançar este povo precisa ser encarado de forma urgente pela igreja evangélica brasileira. Esta é a hora de uma ação radical direcionada para alcançar o povo sertanejo que vive na zona rural. Seja um instrumento de Deus na busca da redenção do homem perdido, vamos juntos trabalhar em prol da salvação dos sertanejos.

 IV - Um dos maiores problemas desse trabalho, é a disposição de missionários com foco no sertão em tempo integral, sempre esbarramos nas finanças, existe um custo para estarmos no sertão 24 horas por dia, mas os incentivos de igrejas e pessoas nessa área financeira sempre é muito difícil, complicado, mas temos orado a Deus para que Ele o altíssimo levante obreiros para o sertão e pessoas com coração desejoso de investir em nosso trabalho.

 V - Temos sido teimosos em levar adiante um projeto para o evangelismo no sertão, porque, Deus tem nos direcionado a isso, e quando Deus fala as coisas acontecem, são milhões de pessoas precisando ouvir a verdade de Cristo, aceitar a Cristo e viver um novo evangelho, quebrando todas as tradições de seus familiares.

 VI - Há mais de 10 mil aglomerados humanos no Nordeste (povoados, vilas e vilarejos) sem a presença da igreja evangélica, o que constitui um gigantesco desafio. Na nossa área de atuação existem diversos povoados, comunidades, vilarejos, sítios, etc, sem a presença da igreja evangélica.




 A REALIDADE DO SERTÃO NOS INCOMODA?
 Enquanto algumas cidades do Brasil chegam a ter mais de 10% de Evangélicos, muitas cidades dos sertões do Nordeste não chegam a 1%.

 Orem pelos sertanejos, Orem pelas nossas finanças, Por mais investimento em nosso ministério, Orem por mais obreiros em tempo integral para o sertão. Amém.

quarta-feira, 14 de agosto de 2013

Distribuição de cestas básicas no agreste pernambucanos.


No próximo domingo estaremos no agreste pernambucano distribuindo cestas a famílias carentes dos sítios, os sertanejos ainda carecem de muitas coisas principalmente alimentos. Você pode colaborar com mais cestas ou contribuindo com algum valor as famílias precisam de toda ajuda possível. Ore pelo sertão nordestino.

Temos um café para você Grátis.


Um crime pode ser analisado sobre vários aspectos. Pode ser pela repercussão na imprensa, pelos números e estatísticas que ele aumenta ou também pode ser analisado pelos prejuízos causados às vítimas.

 Hoje, a gente te convida a olhar o outro lado da história de um crime: o lado dos familiares do “vilão”. Aqueles que, mesmo em liberdade, estão presos aos delitos do irmão, pai ou filho. Aqueles que se sujeitam a um processo humilhante de revista. Aqueles que perdem seus finais de semana na fila de visitação. Os que trocam o Dia dos Pais por um domingo com seu parente ou viajam centenas de quilômetros para visitar quem ama na cadeia.

 Domingo, Dia dos Pais, o Ministério Evangelismo de Impacto JOCUM e o projeto Insulina, realizaram um café da manhã justamente para esses que deixam tudo simplesmente para visitar seus parentes na Penitenciária Nelson Hungria. A ideia foi pregar com as duas mãos do Evangelho: com Palavra e ação. Muito mais que pão e café, lá foram proferidas mensagens de consolo, amor e cuidado. Também foram aceitos pedidos de oração dos mais distintos anseios.

 Um ponto do trabalho foi que, por algumas regras internas de visitação terem sido alteradas, principalmente as relacionadas às roupas permitidas na entrada ao presídio, muitos visitantes foram pegos desprevenidos, sendo obrigados a voltarem pra casa, as vezes a centenas de km de Contagem, sem ver seus parentes.

 No entanto, membros da equipe foram movidos pelo amor de Deus, e eles mesmos deram um jeito de mudar as roupas dos visitantes. Alguns foram à feira e compraram vestes diferentes. Outros, trocaram as próprias roupas que estavam usando com as dos visitantes.

 Os resultados não se encerram em números de conversões, e sim nos testemunhos que ultrapassam muros altos e celas, chegando ao coração dos encarcerados. E assim, abençoar não só um lado da história, mas todos.

segunda-feira, 12 de agosto de 2013

Vamos para Juazeiro???


Bom dia amigos, desejamos eu e minha família uma semana abençoada a todos.

 Queridos, estamos indo para Juazeiro do Norte no próximo dia 04/09, para uma conferência missionária Rompendo os Céus do Sertão, conferência sobre o evangelismo, adoração e intercessão pelo Sertão nordestino.

 Será a nossa oportunidade de estarmos conhecendo os projetos que estão surgindo e que já estão implantados no sertão, entraremos em contato com lideranças desses projetos e vamos orar para ter uma resposta de Deus onde vamos nos engajar nesses projetos.

 Para nós é de extrema importância participar desse congresso, para estar em contato com o que a de melhor em projetos para o Sertão. Onde fomos chamados por Deus para estar. Já fizemos as inscrições e precisamos de apoio financeiro para a viagem, alimentação e combustíveis, a hospedagem é de graça.

 Ainda não conseguimos os 16 amigos que pudesse nos apoiar por seis meses com R$ 100,00 reais, esse dinheiro seria para custear nossas viagens pelo sertão.

 Mas estamos orando a Deus pelos milagres. Se você sentir o desejo de investir em nosso ministério ficaríamos muito felizes Ofertas serão muito bem vidas, mas a sua intercessão será a mais importante ainda.

Ofertas: Banco do Brasil: Ag: 0328-X C/C 10.446-9 

 Obrigado amigos e que o Senhor os abençoe muito.

"Quão formosos são os pés daqueles que pregam o evangelho".

domingo, 11 de agosto de 2013

Cristofobia, Perseguição contra os Cristãos.


Você já leu sobre Cristofobia: Perseguição Contra Cristãos em Países Islâmicos

 a perseguição sofrida por cristãos em países de maioria islâmica como na África Ocidental, no Oriente Médio, no Sul da Ásia e também na Oceania.

 O texto foi assinado pela pesquisadora Ayaan Hirsi Ali, nascida na Somália, e que hoje vive na Holanda. Hirsi Ali falou em seu texto sobre a situação vivida pelos cristãos em lugares onde a liberdade religiosa é combatida com armas, bombas e muita violência, e lembrou os diversos ataques sofridos por cristãos em países como a Nigéria, onde o grupo extremista Boko Haram já matou dezenas de pessoas desde o começo desse ano.

 Além da Nigéria, foram destacados também problemas do Sudão onde, governados pelo regime autoritário do norte, muçulmanos sunitas atormentam as minorias cristãs e animistas do sul do país.

 Segundo a revista, os extremistas usam as leis contra a blasfêmia como pretexto para empregar a violência contra minorias religiosas, valendo-se de assassinatos brutais, bombardeios, mutilações e incêndios em lugares sagrados.

 A pesquisadora cita em seu texto o fato de que a mídia local desses países não divulga os casos de cristofobia, e afirma que a influência de grupos de lobby como a Organização da Cooperação Islâmica é uma das várias origens do problema que faz com que a constante matança de cristãos não seja divulgada. 

#projetogoon www.facebook.com/projeto.go.on

sexta-feira, 9 de agosto de 2013

Projeto Mais Água Ação Marruás Tauá/CE

Sede, necessidade básica que muitos ainda sentem, de forma dramática, no sertão nordestino. Não é retórica. Há lições que a gente só aprende sentindo e vivendo.

“Como conhecer Cristo, se ele é invisível?”, o sertanejo pergunta. “Você nunca experimentou a misericórdia?”, responde o outro.

E o que o Evangelho pode fazer nas mãos de gente que, diante da presença de Cristo, dispõe-se a amar até em situações mais inóspitas?

Conheça o Ministério “Em Sua Presença”, da Igreja de Cristo, que desenvolve, entre outras coisas, o Projeto +Água. Em parceria com Projeto Macedônio, JOCUM Teresina e outros, o +Água atua em cidades do sertão do Ceará e do Piauí, levando água (de modo emergencial), mas também ensinando famílias sertanejas a como captar e aproveitar racionalmente os recursos hídricos.

Assista o vídeo abaixo da ação em Marruás, Tauá (CE):


quinta-feira, 8 de agosto de 2013

Impacto de Juazeiro do Norte CE.




RODOLFO ABRANTES, NA LAGOINHA, CLAMA PELO FIM DA 'IDOLATRIA GOSPEL' ESCRITO POR JORNAL ATHOS EM 08 AGOSTO 2013.


O cantor, Rodolfo Abrantes, ex-integrante da banda Raimundos, clamou pelo fim da idolatria gospel em uma ministração na Igreja Batista da Lagoinha (IBL), em Minas Gerais.

 A mensagem foi impactante e chamou a atenção por ter sido feita na igreja onde surgiram os grandes nomes da música gospel, como Ana Paula Valadão e seu irmão André Valadão. Em um momento de sua ministração, o cantor Rodolfo disse:

 “Eu quero levantar um clamor aqui nesta noite pelo fim da cultura gospel, pelo fim dos artistas gospel, pelo fim do mercado gospel, pelo fim dos fãs gospel.”

 Rodolfo Abrantes enfatizou sobre os “altares de adoração” que se levantaram no país. “Eles clamam ser Deus, mas não são. Se nós queremos acabar completamente com a idolatria deste país, nós primeiro precisamos olhar para dentro de nós. Sondar nossos corações.

” O cantor disse ainda que foi para lá para fazer “guerra”, mencionando que a luta contra a idolatria não é “fora” mas sim “dentro” da igreja.

 “Eu vim nesse lugar nessa noite para fazer guerra, porque existe algo que não temos que proteger a igreja contra ela, ela já está dentro da igreja. Existe uma igreja idólotra dentro da igreja cristã brasileira e precisa ser arrancada desse lugar”.

 O cantor usou como exemplo o papa, a qual ele vê como um exemplo de ser idolatrado por seus seguidores. Entretanto, deixou a ressalva de qualquer um que idolatra uma pessoa, deixa Jesus em segundo plano.

 “Nós não temos um papa. Nós só adoramos a Jesus. Mas todas as vezes que você idolatra um servo ou uma serva de Deus que sobe no altar, você está declarando que Jesus está em segundo lugar. É preciso arrancar isso de dentro do seu coração.

” Segundo os comentários deixados no vídeo postado no YouTube, a atitute do cantor pareceu ser tanto hipócrita como também irônica ou ousada.

 Por um lado, alguns acharam a ministração uma hipocrisia por considerarem que o cantor se englobaria na categoria dos “artistas gospel”, da qual ele próprio ataca em sua ministração.

 “Ele Mandou Implantar uma BOMBA? ou uma POMBA? é incrivel você pregar algo que não vive... principalemnte onde adoram a Ana Paula como uma semi Deusa... Pra mim a Ministração dele esta sendo uma hipocrisia... pois ele é um artista gospel... e está pregando para que as pessoas não percebam que ele é mais um ... querido: Rodolfo Abrantes JESUS disse Hipocritas...”, escreveu o usuário TEMQUERIR, no YouTube.

 Já por outro lado, os comentários sugeriram que o cantor foi ousado e sua ministração foi uma ironia ou um apelo aos próprios “donos da casa”, em uma referência aos cantores da Lagoinha.

 “O Rodolfo realmente parece ser alguém comprometido com o Evangelho. Achei bem legal a ousadia de falar isso em plena Lagoinha”, escreveu outra internauta.

 Um outro internauta escreveu sobre a história da Lagoinha: “Desculpe jovem, você precisa estudar sobre a história da Igreja da Lagoinha, de onde saiu os maiores ídolos gospel, é isso mesmo, lugar de Thalles que cobra fortuna para cantar, de Valadões que vendem um evangelho fajuto inundado de pragmatismo e por fim do Diante do Trono, que arrebata milhares de pessoas enlouquecidas que colocam a Ana Paula quase no lugar de Cristo, ela é a ‘Nossa senhora’ da maioria dos evangélicos. Fica a lição para Lagoinha e todas igrejas evangélicas que são idolatras.

” Em meio aos comentários, houve os que defenderam também o trabalho dos cantores da Lagoinha e os que elogiaram a ministração de Rodolfo. Como uma de suas admoestações finais, Rodolfo ainda pediu aos fieis para eles usarem os celulares apenas para atender chamadas. Ele ainda falou contra os crentes serem 'controlados' pelo Facebook, que por sua vez não deve ser instrumento de “idolatria gospel”.

 “É tempo de você pegar o seu celular e guardar ele no bolso e só atender chamadas com ele. O seu Facebook não manda em você e ele não manda no culto a Deus. Você não precisa abastecer ele com a foto da próxima estrela gospel.”

Rodolfo Abrantes "Cala" Igreja Batista da Lagoinha

quarta-feira, 7 de agosto de 2013

Avivamento ou Apostasia - Paulo Junior

Brasil é o segundo país com mais missionários no mundo

Um estudo realizado pelo Centro Mundial para o Estudo do Cristianismo (Center for the Study of Global Christianity – CSGC) revelou que o Brasil é o segundo país com mais missionários no mundo, perdendo apenas para os Estados Unidos. De acordo com a pesquisa em 2010 mais de 400 mil missionários deixaram seus países para evangelizar em outras partes do mundo, os Estados Unidos enviaram 127 mil e o Brasil 34 mil missionários.

 A França e a Espanha empatam ocupando o 3º e 4º lugar, respectivamente, com 21 mil missionários enviados. Itália e Coreia do Sul ficam em 5º e 6º lugar 20 mil voluntários que estão levando a palavra de Deus para outros povos. Reino Unido, Alemanha, Índia e Canadá seguem a lista.

 Apesar de estes dados terem muita importância, o estudo mostrou que “os dez países que mais enviaram missionários internacionais em 2010 são os países de origem de 32% dos membros cristãos do mundo, mas enviaram quase 73% dos missionários internacionais”.

 Esse desequilíbrio mostrado pela pesquisa percebe que os mesmo países que enviam missionários são os que pouco evangelizam sua própria população.

 Outro dado levantado pelo CSGC é que a grande maioria desses missionários deixam seus países e visitam nações que já possuem a maioria de habitantes como cristãos. Enquanto isso os países com a maioria da população não cristã receberam em 2010 apenas 9% dos missionários. Vale lembrar que tais países restringem o trabalho missionário, o que dificulta a entrada de cristãos nessas localidades.

Fonte GP.

Jesus está chamando.


“Veio à palavra do Senhor dizendo: Antes que te formasse no ventre, te conheci, e antes que saísses da madre, te santifiquei; às nações te dei por profeta. Então disse eu: Ah! Senhor Deus! Não sei falar, não passo de uma criança. Mas o Senhor me disse: Não digas ‘não passo de uma criança’. Aonde quer que eu te envie, irás, e tudo o que te mandar, dirás.

Não temas diante deles, pois eu sou contigo para te livrar, diz o Senhor” JEREMIAS 1. 4-8 Então disse eu: Ai de mim! Pois estou perdido; porque sou um homem de lábios impuros, e habito no meio de um povo de impuros lábios; os meus olhos viram o Rei, o SENHOR dos Exércitos.Porém um dos serafins voou para mim, trazendo na sua mão uma brasa viva, que tirara do altar com uma tenaz;E com a brasa tocou a minha boca, e disse: Eis que isto tocou os teus lábios; e a tua iniqüidade foi tirada, e expiado o teu pecado.Depois disto ouvi a voz do Senhor, que dizia: A quem enviarei, e quem há de ir por nós? Então disse eu: Eis-me aqui, envia-me a mim. ISAIAS 6. 5-8

 Vem agora, pois, e eu te enviarei a Faraó para que tires o meu povo (os filhos de Israel) do Egito.Então Moisés disse a Deus: Quem sou eu, que vá a Faraó e tire do Egito os filhos de Israel?E disse: Certamente eu serei contigo; e isto te será por sinal de que eu te enviei: Quando houveres tirado este povo do Egito, servireis a Deus neste monte. ÊXODO 3. 10-12

 Esses homens citados, foram chamados por Deus para levar a sua palavra. O que eles tem em comum? Não acreditavam que fossem capazes de realizar essa obra, se sentiam inferiores, fracos, pecadores,pequenos,leigos... E ainda hoje isso se repede, quantas vezes Deus tem nos escolhido para fazer algo, e nos justificamos com ele, dizendo que não somos capazes, mais quem somos nós para dizer isso a Deus, uma vez que é Ele quem nos capacita? Deus não escolhe os capacitados, mais Capacita os escolhidos para que a sua glória venha ser manifesta. Essa postagem de hoje é um instrumento de Deus para despertar você, que há muito tempo tem dado desculpa ao Senhor. E ele te diz: A minha graça te basta, porque o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza. Não importa o quanto você está fraco, o importante é que o Senhor esta pronto para de aperfeiçoar.

terça-feira, 6 de agosto de 2013

ROMPENDO OS CÉUS DO SERTÃO CE.

Nos próximos dias 06,07,08 de setembro, estaremos participando de um grande evento em Juazeiro do Norte.



CORAÇÃO NORDESTINO

Holandesas no Sertão.

Impacto evangelístico Sertão da Paraíba, S. José de Caiana.

Nosso tempo no Sertão da Paraíba, foi um mover de Deus durante 15 dias, pudemos abençoar vidas e sermos abençoados.

Obrigado Deus por nos proporcionar um tempo tão intenso cansativo, mas com muita alegria no coração terminamos esse trabalho em prol do Seu REINO, Caiana tem se transformado por causa desse trabalho.

 GENEROSIDADE, O CAMINHO DA PROSPERIDADE A generosidade é o caminho da prosperidade. Quando você abre a mão para ajudar o necessitado, você está fazendo uma semeadura. A Bíblia diz: "A alma generosa prosperará". diz ainda: "A quem dá liberalmente, ainda se lhe acrescenta mais e mais".

 Diz também: "Quem se compadece do pobre ao Senhor empresta e este lhe paga o seu benefício". Comece hoje a demonstrar sua generosidade e prepare-se para as maravilhas de Deus em sua vida.


segunda-feira, 5 de agosto de 2013